29/05/2011

Não precisa se preocupar, sou compreensivo. Vou entender bem se a sua decisão não for sua.
Não quero que dedos enrugados apontem em sua direção e diga que você não sabe escolher. Não quero ser visto como mais uma falta de acerto sua.
Sua vontade e escolha não importam (pra eles). O que importa é sua dignidade - deles.
E todos esses "suas"... você sabe bem: não são seus.

Nenhum comentário: